Disparates da blogosfera literária portuguesa.

28
Nov 10

"Deitado de costas, com um sorriso cínico pintado sobre olhos de espanto e medo está ele, o meu pai!"

 

Roberto Mendes, Conto : A Porta!

Conto Fantástico, 3 de julho de 2010

publicado por belalugosiisbraindead às 15:48

"Caminhávamos na carroça que o meu pai havia construído […]"

 

Roberto Mendes, Conto : A Porta!

Conto Fantástico, 3 de julho de 2010

publicado por belalugosiisbraindead às 03:10

"Ao contrário do que é referido na sinopse, este romance não é sobre os Painéis de S.Vicente [...] O trama do livro é sustentado, em parte, pelas diversas interpretações e teses aos Painéis e do que está, ou pode estar, por detrás deles."

 

Iceman, Evangelho do Enforcado (O) - David Soares

N Livros, 13 de abril de 2010

publicado por belalugosiisbraindead às 03:07

"A propósito deste fenómeno [o fantástico] que teve origem nos países nórdicos, mas que tem vindo a expandir-se em Portugal, as professoras deram ainda a conhecer alguns dos autores portugueses que se dedicaram e dedicam à escrita deste género literário, como é o caso de Júlio Verne [...]"

 

Desconhecido, Exposição "Livros fantásticos" (PDF)

Câmara Municipal de Sousel, 2 de fevereiro de 2009

publicado por belalugosiisbraindead às 03:04

"Gostaria de destacar aqui três recensões (soa melhor do que críticas, embora seja português brasileiro) […]"

 

Flávio Gonçalves, Reviews/Recensões/Críticas

(Correio do Fantástico, 3 de abril de 2010)

publicado por belalugosiisbraindead às 03:03

"[...] tecer um espelho do mundo actual."

 

Fábio Ventura, Crítica: Guerra Mundial Z

(Bela Lugosi is Dead, 29 de março de 2010)

publicado por belalugosiisbraindead às 03:00

"No entanto, o ponto mais forte do livro, o surrealismo, acaba também por ser o seu ponto menos bom."

 

Fábio Ventura, Crítica: O Outono em Pequim

(Bela Lugosi is Dead, 21 de março de 2010)

publicado por belalugosiisbraindead às 02:59

"[...] o uso frequente de termos e expressões médicas, que podem passar facilmente despercebidas [...]"

 

Francisco Vidal, Crítica: Anatomie

Bela Lugosi is Dead, 24 de fevereiro de 2010

publicado por belalugosiisbraindead às 02:53

"Tudo é exagerado, por vezes até demais […]"

 

Francisco Vidal, Crítica: Slither

(Bela Lugosi is Dead, 14 de fevereiro de 2010)

publicado por belalugosiisbraindead às 02:51

"Nenhuma tocha acesa o alumiava e os vitrais não permitiam a passagem do inexistente luar."

 

Carina Portugal, A Gárgula

(As Ameias do Crepúsculo, 11 de julho de 2009)

publicado por belalugosiisbraindead às 02:49

pesquisar
 
RSS
arquivos
2011

2010